Notícias
----------------------------------------------------------------------------------------------------

Encerramento do I Fórum de Reitores da Região Norte

Na tarde da última sexta, 6,  foram encerradas as atividades do I Fórum de Reitores das Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte (Ifes/Norte) com a aprovação da Carta Manaus. Documento este que sintetiza o compromisso das Ifes com relação à temática escolhida, que foi pesquisa e pós-graduação. Durante a reunião foram eleitos o presidente e vice-presidente do Fórum, professora doutora Márcia Perales, reitora da Ufam, e o professor mestre João Martins Dias, reitor do Instituto Federal do Amazonas, respectivamente, ficando também decidido que as reuniões acontecerão com periodicidade semestral. 

Foram dois dias de discussões intensas, em que os reitores das Ifes  tomaram decisões importantes, como a escolha do presidente e vice-presidente do Fórum, as instituições que irão elaborar a proposta de regimento (UFAM, IFAM, UFRA e IFRR), a periodicidade das reuniões, a temática do próximo fórum e a aprovação da Carta Manaus. Este documento em seu último parágrafo deixa claro a posição das Ifes  na defesa dos interesses da Região Norte: "Cientes dos desafios que se colocam, das necessidades de articulação interinstitucionais, da necessária quebra de alguns paradigmas, o Fórum dos Reitores do Norte se posiciona científica e politicamente como espaço para esta discussão, assumindo a responsabilidade de viabilizar e concretizar de forma aberta este canal de negociação, fortalecendo a defesa dos interesses regionais e nacionais, por meio de crescente inserção e representatividade junto às instâncias decisórias das políticas nacionais". Para a reitora da Ufam, professora Márcia Perales, “o compromisso das Ifes é consolidar, articular e promover debates e reflexões que atendam às necessidades e aos interesses da Região Norte.”

A participação do professor doutor Emídio Cantídio, diretor de Programas e Bolsas da Capes, contribui bastante para que os reitores e pró-reitores presentes no fórum  estabelecessem prioridades para as linhas de pesquisa a serem trabalhadas em conjunto pelas Ifes.

Os resultados deste I Fórum apontam para três linhas: o grau de organização e união do Fórum de Reitores das Ifes/Norte; a tomada de uma ação concreta para a formação de doutores; e a manutenção e ampliação das propostas de MINTE´s (mestrados interinstitucionais).

Leia na íntegra a Carta Manaus
Acesse a ata de Instalação do Fórum


Topo
----------------------------------------------------------------------------------------------------

Diretor do Programa de Bolsas da Capes, Doutor Emídio Cantídio, participa do I Fórum de Reitores

“O que vejo na reunião desse I Fórum e, que posso dizer de antemão, é que dará certo”, foi assim que o Diretor do Programa de Bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), professor doutor Emídio Cantídio, iniciou seu discurso, no segundo dia do “I Fórum de Reitores das Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte”.

O diretor proferiu a palestra "Pós-graduação no Norte do Brasil: potencialidades, constituição de redes e financiamento". Emídio Cantídio afirma que o desenvolvimento da Amazônia depende, também, de se constituir uma parceria maior entre reitores das Universidades e a Capes. “A Capes é a principal apoiadora dessa região. Colocamos mais de 4% dos recursos da Capes aqui no norte. Viemos aqui conversar com reitores, pró-reitores e coordenadores de cursos para ver como podemos apoiar. Não podemos apoiar sem ter boas idéias e bons projetos. A importância dessa reunião é muito grande, é a primeira vez que isso acontece aqui. É uma relação direta dos reitores com a Capes, em que reitores vão tomar decisões e expor suas idéias e seus programas”, afirmou Cantídio.

Emídio afirmou que a Região Norte ainda ocupa a lanterna em se tratando da participação em número de cursos de pós-graduação, cobrindo apenas 2,7%. O sudeste do país possui 55%, seguido do sul com 19% e do nordeste com 17%. “Tenho uma experiência muito grande na Amazônia, participei da criação de vários cursos de mestrado, doutorado. Hoje, dirijo a diretoria da agência que fomenta e concede as bolsas e os custeios. Viemos discutir políticas para, cada vez, apoiar a região Amazônica para que possamos ajudar o desenvolvimento da região que é muito pequeno, em relação ao resto do país. A gente se preocupa por que o norte é grande, então temos que trabalhar no sentido de desenvolver as Universidades e, particularmente os cursos de mestrado e doutorado, da região”, relatou.

Para aumentar a participação da Região Norte, a Capes pretende apoiar ainda mais as universidades. Emídio lembrou que, para ajudar nesse desenvolvimento, o orçamento da Capes cresceu de 2008 para 2009 em 20% e, já é esperado para 2010, o crescimento de pelo menos 12,5%. “A discrepância é enorme em relação as outras regiões do país. Estamos trabalhando para dar mas oportunidade para o Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A Amazônia é vista como algo importante. É muito importante que os reitores não larguem a pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação que, é a grande vitrine. Temos vários reitores novos no cargo. Está na hora de passar o barco em frente”, disse.

 

Topo
----------------------------------------------------------------------------------------------------

Instituído o I Fórum Reitores das IFES´s da Região Norte

Em sessão solene realizada às 8h30 desta quinta, 5, foi instituído o I Fórum de Reitores das Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte, onde deverá ser traçado o perfil da pesquisa e pós-graduação da Região Norte. Em seguida à abertura, que ocorreu no auditório da Faculdade de Direito, o professor doutor Roberto Ramos dos Santos, representante da Andifes, destacou a importância do Fórum para a nossa região e de que forma seria um instrumento de cooperação para demonstrar a capacidade de ensino e pesquisa das IFES´s. Ao longo do dia as diversas instituições presentes apresentaram-se sob o tema “A pós-graduação: situação atual, áreas estratégicas e perspectivas de cooperação”.
Pela manhã, os representantes das universidades federais do Acre, do Amapá e do Pará expuseram as particularidades de cada instituição, seus modos de atuação e planos para o futuro da pós-graduação em suas universidades. A reitora da Universidade Federal do Acre enfatizou e agradeceu à Ufam por sediar o evento “Este Fórum é importante por que visa fortalecer as instituições do Norte, principalmente neste momento em que o mundo volta os seus olhos para a Amazônia, com toda a sua complexidade e especificidade”, declarou a professora doutora Olinda batista, reitora da Universidade Federal do Acre.

Pela tarde os reitores das universidades federais Rondônia, Roraima, Tocantins e Amazonas, assim como os reitores dos Institutos Federais de todos os estados da região norte. O reitor do Instituo Federal de Rondônia, professor mestre Raimundo Jimenez, destacou que a previsão do instituto é passar dos atuais 81 professores para 450 em três anos, e que, portanto, a preocupação com a formação desse professores é prioridade. “É dever dos Institutos reservar 20% de suas vagas para formação de professores, e também é dever nosso capacitar esse professores para a formação profissional, por isso a necessidade de investimento na pós-graduação.”

Ainda nesta quinta os reitores tiveram um jantar de confraternização com a presença de um grupo musical formado por alunos do curso de Artes da Ufam e recital de poesia com o professor Tenório Telles.

Topo
----------------------------------------------------------------------------------------------------
Ufam sedia o I Fórum de Reitores das IFES`s da região Norte

A abertura do I Fórum de Reitores das Instituições de Ensino Superior da Região Norte aconteceu nesta quinta-feira, 5, no auditório da Faculdade de Direito. A iniciativa inédita reuniu gestores das IFE’s da Região Norte para discutir e definir modelos de cooperação e traçar um perfil da situação da pós-graduação no norte do país, teve solenidade de abertura nesta quinta- feira, 5, no auditório da Faculdade de Direito da Ufam. Durante o evento, será instalado um fórum permanente, com o intuito de pensar estratégias para atender aos interesses da região.

Márcia Perales afirma que o evento deverá ocorrer de forma cooperada, conjunta, o que possibilitará a identificação de possíveis fragilidades e pontos comuns, oportunizando ajuda mútua entre as Universidades para a construção de ações estratégicas. “O Fórum não se fecha apenas nessas discussões. É um evento de fortalecimento das IFES´s da região, mas que se abre para a interlocução com Universidades de outras regiões que considero um fator crucial”, ressalta a reitora.

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufam, professora doutora Selma Baçal, acredita que o evento possibilitará a troca de experiências e conhecer melhor as IFES´s do norte do país, vislumbrando a aproximação das pesquisas interinstitucionais, como também os programas de pós-graduação. “Para nós está sendo muito importante a realização do evento, na medida que, as Universidade e os Institutos da região Norte vão ter a possibilidade de fazer associações que soma no fortalecimento dessas instituições no norte do pais” afirma a pró-reitora.

São membros do fórum permanente: Universidade Federal do Acre (UFAC), Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal de Rondônia (UFRO), Universidade Federal de Roraima (UFRR), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade Federal do Tocantins (UFT) e os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET´s) de cada estado da Região Norte.

Na manhã dessa sexta-feira, 6, encerrando as atividades, o diretor de Programas e Bolsas da Capes, professor doutor Emídio Cantídio de Oliveira, proferirá palestra “Pós-graduação no Norte do Brasil: potencialidades, constituição de redes e financiamento”.

----------------------------------------------------------------------------------------------------
Topo
 

 

I Fórum de Reitores de Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Fernando Furtado